top of page

Não confie na Cuvex.

Sim, é isso mesmo que você leu.


Posso falar sobre os três anos de pesquisa e desenvolvimento, sobre como conseguimos patentear nossa tecnologia globalmente, sobre os vários milhões de euros investidos, posso lembrá-lo de que você tem acesso completo ao nosso código-fonte, que é verificável, visível, editável e compilável por qualquer pessoa, e que o mesmo se aplica ao nosso hardware. Posso falar sobre as poderosas evoluções em andamento, como o nosso Cuvex 2.0, ou sobre o script para decifrar um criptograma criado pela Cuvex, desde que você tenha a senha e uma cópia do cartão em qualquer PC, o que te tornará completamente independente de nós para recuperar seu segredo no futuro.


Mas a verdade é que não há nada que possamos dizer que garanta que a Cuvex estará sempre à sua disposição, oferecendo o suporte e a ajuda que você precisa pelo resto da sua vida e de seus descendentes.


No mundo atual, qualquer projeto precisa superar milhões de dificuldades para se tornar uma empresa que transcenda seus criadores.


Sem dúvida, há muito mais empresas que desaparecem do que as que sobrevivem.


Além disso, não confie em ninguém, não confie na Ledger, não confie na Trezor, não confie na Coldcard, não confie em ninguém.


Qualquer empresa pode fechar, ser vendida a novos proprietários ou simplesmente mentir no que dizem.


Você é responsável pela sua própria custódia, e isso exige que você não confie em ninguém.


Use as ferramentas existentes que mais te convencem e sempre tenha um plano alternativo.


Se você está aqui lendo isto, é porque tem a responsabilidade da autocustódia e quer ter mais tranquilidade.


Toda sua propriedade, economias e investimentos em criptoativos dependem da custódia de “N” palavras, e onde você guarda essas palavras de forma segura para acessá-las quando necessário.


Palavras que você deve recuperar a qualquer momento e sem depender de nada nem ninguém.


O papel claramente não é uma boa opção: molha, queima, pode ser fotografado, roubado, copiado ou destruído de mil maneiras diferentes e nada complicadas. Não é necessário uma guerra ou terremoto para que um papel escondido em algum lugar seja destruído.


O que pode ser feito? Qual é a melhor forma de materializar a autocustódia?


Só posso compartilhar minha experiência, e use dessa informação apenas o que lhe interessar e agregar.


Suponho que, como a maioria, não fui um dos primeiros a chegar ao Bitcoin. Quando alguém começa nisso, fica sobrecarregado por tudo o que não conhece e pela enorme quantidade de situações adversas vividas nos últimos anos.


A maioria de nós começa criando uma conta em alguma exchange e comprando quantidades não muito significativas.


Um dia, após ver muitas notícias difíceis onde as pessoas perdem tudo por estar em uma exchange, você decide abordar a autocustódia. Não por ter uma grande quantia investida, mas para tirar essa tensão da mente e cumprir com o verdadeiro objetivo nobre do Bitcoin: ser o único que tem controle sobre seu investimento. No your keys, no your crypto!


Nesse momento, você busca, lê mil fóruns e decide em qual wallet confiar... Primeira situação complicada...


Uma vez decidido, esse wallet, seja hardware ou hot wallet, cria para você 12 ou 24 palavras. Usando um suposto algoritmo de entropia no qual você deve confiar cegamente. Bem, este é outro assunto. Se te interessa, leia sobre isso aqui.


O importante é que aqui começa o verdadeiro desafio. De repente, você se depara com as famosas chaves. Agora você está no "My Keys, My Crypto!!"


Uffffff, o medo, a insegurança e a intranquilidade tomam conta de você...


Como é possível que tudo dependa de poucas palavras?

Como é possível que só possa e deva anotá-las em um papel?

Como é possível que a mais alta tecnologia financeira da nossa época baseie toda sua segurança na invenção de Cai Lun, na época da dinastia Han?


Pois é, de fato, a forma mais segura de guardar essas palavras era anotá-las em um papel. E tanto é assim, que esse papel faz parte do merchandising de todas as hardware wallets.

Bem, como todos, fiz o mesmo, anotei em papel.


Não lembro o tempo exato, mas muito pouco tempo depois, algo menos de uma semana, já havia comprado umas placas de aço.


Lógico, como vou confiar em um papel!


Bem, agora já sabia que minhas palavras não seriam destruídas facilmente. Mas muito pouco tempo depois, descobri que estava em uma situação muito parecida.


Minha placa de aço era apenas uma cópia/redundância da minha frase-semente. Se alguém simplesmente as ver, pode copiá-las, fotografá-las, roubá-las, etc.


Onde esconder minha placa de aço?

Faço outra cópia e a envio para algum familiar?

Transfiro a responsabilidade para esse familiar?

Qual é o custo de cada cópia em aço?

Como viajar com minhas placas de aço?

Como recuperá-las se não estiver perto da minha placa de aço e precisar?


Deus... são mil novos problemas rondando minha mente...


Aqui, e por esses motivos, nasceu a Cuvex!


Cuvex é a perfeita redundância de altíssima segurança para criar cópias da sua frase-semente.


Sim, se ainda não confia em nós, eu recomendo que você tenha uma placa de aço, apenas uma, e que a enterre em um lugar que ninguém possa imaginar. Faça isso de forma que, mesmo para você, seja um grande esforço desenterrá-la.


E use a Cuvex para ter cópias seguras e acessíveis de qualquer lugar. Você pode enviar clones da sua frase-semente em um simples cartão NFC para 20 familiares e amigos, localizados em 20 lugares diferentes. Eles nunca poderão acessar sem a senha de criptografia. Não há perigo se forem roubados, não podem ser fotografados e, se você perder alguma das suas cópias, basta acessar uma delas, e nunca terá que desenterrar sua placa de aço.


Só o tempo dirá se a Cuvex estará a seu serviço enquanto você viver.


Só posso garantir que, enquanto estiver à frente da nossa empresa, colocaremos todo nosso trabalho, esforço, criatividade, conhecimentos e recursos para criar cada dia a melhor tecnologia possível para te ajudar nessa tarefa apaixonante.


Meu objetivo é que você nunca tenha que desenterrar sua placa de aço.


Cristóbal Rosa

Cuvex CEO

3 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page